quinta-feira, julho 20, 2006

Bombeiro voluntário: profissão de risco


Hoje saiu na comunicação social o resultado do relatório preliminar do incêndio de 09 de Julho, em Famalicão da Serra onde morreram 6 bombeiros no desempenho da sua função.

Segundo declarações do ministro Administração Interna António Costa à TSF o relatório preliminar aponta para "problemas de coordenação da acção no terreno e a dois fenómenos relacionados com o comportamento do fogo".

Nesta hora de pesar perante o desaparecimento de 6 vidas humanas é também hora de colocar algumas questões:


- Porque a taxa de mortalidade em bombeiros portugueses é superior à dos seus congeneres americanos?

- Porque em Portugal não são considerados profissionais de risco os bombeiros voluntários?

- Os americanos têm um sistema de analise de fatalidades e acidentes e implementaram um programa preventivo, será que em Portugal nao poderiamos implementar um sistema equivalente?

Até quando apenas assistimos a entrega de medalhas a titulo póstumo e a uma preocupação visivel dos nossos governantes sem grandes resultados na práctica?

A saúde dos nossos Bombeiros Voluntários e os riscos que decorrem do exercício da função de socorro às populações tem de ser assumido como sendo de caracter social e tratado ao mais alto nível.

Cecília Longo

9 comentários:

Pêndulo disse...

Dá mais votos mostrar uns aviões novos.
Votos e....contratos chorudos.
Como sempre a massa humana é o que menos interessa,
It's all business....

wind disse...

A todas as tuas perguntas, uma resposta: o governo português e têm sido todos,não ligam nenhuma aos bombeiros, para ele estes últimos devem ser seres rascas, que podem morrer à vontade.
Além disso como muito bem escreveu o pêndulo outros valores se levantam
beijos

Cila disse...

pendulo
ate as normas internacionais emanadas pos o desastre world trade center dizem: "Salvar vidas sem esquecer o principio que a protecção da saúde/vida dos bombeiros
tem de ser também uma preocupação constante do estado e de quem comanda"
O que falas diz-me pouco...apenas quero que os bombeiros voluntários tenham protecção de saúde condigna.

Cila disse...

wind
para mim o principio que me norteia é o respeito pela vida humana e as suas envolvencias.

Pelo que chamar a atenção para os factos existentes na sociedade e assegurar uma tomada de consciencia em relação a esta problematica é um dos objectivos do grupo de trabalho, seguida de
implementação de medidas concretas

rouxinol de Bernardim disse...

O mumdo está em chamas!!!
Só os bombeiros de carácter podem salválo!

Vai ao meu blog e comenta pois é disso que o mundo precisa: PAZ E AMOR!!!

Cila disse...

rouxinol

a formula paz e amor resulta :):)

João de Bianchi Villar disse...

Tendo tomado conhecimento da iniciativa "Chama Saúde" por intermédio do telejornal da RTP, com a data de 20.08.2006, congratulo-me com a tomada de posição da Dra. Cecília Longo relativa à problemática dos riscos profissionais dos bombeiros portugueses.
Contudo, gostaria de corrigir as declarações que prestou, pois já existe (pelo menos) um trabalho preliminar de avaliação de riscos profissionais deste grupo, no âmbito de uma actividade específica: Salvamento e Desencarceramento Rodoviário - uma actividade que a minha experiência pessoal revelou ser particularmente negligenciada no poliedro das posturas preventivas.
Esse trabalho foi por mim submetido académicamente no âmbito de um Curso de Pós-Graduação de HSST, do qual fui bolseiro do IDICT no ano de 2001/2002, tendo recebido a classificação de 18 valores pelo mesmo. Este trabalho chegou inclusivamente a ser comentado numa outra Pós-Graduação que concluí posteriormente (Gestão da Protecção Civil Municipal 2003/2004), onde foi tema de alguma discussão com diversos colegas de curso que desempenhavam funções de responsabilidade no SNBPC (Rui Esteves, Vaz Pinto, Belo Costa, Gil Martins, António Gualdino, etc.). Contudo, por manifesta falta de tempo na altura, não teve outros desenvolvimentos.
No presente momento, e como constatei que partilhamos dos mesmos ideiais relativos à causa dos bombeiros - bem como aproveitando as suas declarações sobre o lançamento de um estudo mais alargado na área da Beira -, terei muito gosto em facultar-lhe uma cópia do trabalho e, se assim o entender, colaborar futuramente consigo no trabalho que pretende realizar naquela zona do país.
O meu mail é: daf.consultor@cm-torresnovas.pt.
João de Bianchi Villar

Cila disse...

Ola
Eu costumo dizer que quem vem por bem seja benvindo.... pelo que aceito com agrado a sua colaboração pois só muitos poderemos fazer avançar a "Chama da Saude".... :)


Congratulo-me pela existencia do trabalho e terei muito gosto em o ler.
melhores cumprimentos

Cecilia Longo

Anónimo disse...

best regards, nice info »